Você é daquelas pessoas que se planeja? Consegue visualizar seu futuro para os próximos 2, 5, 10 anos? No que você tem concentrado sua atenção?

São muitas as pessoas que tem dificuldades de atingir seus objetivos na vida. Costumam ser dois os principais motivos: não sabem onde estão ou não sabem onde querem chegar.

Se eu não sei razoavelmente onde estou (cenário atual) e não sei com clareza onde quero chegar (cenário futuro), torna-se impossível traçar um bom planejamento nessas condições.

É muito importante, como base para qualquer planejamento, fazer um “raio x” situacional, saber onde você está. Ou seja, ter uma visão clara de futuro, saber onde você quer chegar.

Pare e reflita sobre os resultados que você tem conseguido em sua jornada e o que tem feito para conseguí-los, sejam eles favoráveis ou não.

É preciso, saber claramente o que você quer nesse momento, ou, saber o que você não quer.

Uma das formas de saber exatamente o que se quer, é usar o método de exclusão elencando o que não se quer.

Por vezes acreditamos que a vida não tem correspondido aos nossos anseios. Que não tem havido coerência do que quero com o que tenho conseguido. Isso geralmente acontece quando não temos perfeita clareza do que temos pedido verdadeiramente ao mundo. Temos milhares de pensamentos por dia. É claro que não temos consciência da maioria deles. Mas eles estão gerando nossa realidade.

Existe uma lei fisiológica que atua em nós que é a seguinte: pensamento gera sentimento que gera comportamento. Se eu lhe perguntar qual foi a pior experiência que teve na vida, você vai começar a pensar nela, se sentir triste e chorar. Se após essa experiência eu lhe perguntar qual foi a experiência mais prazeirosa que já vivenciou, você vai pensar nela, se sentir bem, e ter comportamento de satisfação e prazer.

Segundo a “Lei da Atração” que rege todo o universo, a energia focada traduz materialização. Portanto, onde estiver nossa atenção, estará aí nosso resultado.

Quando colocamos nossa atenção, nossa energia em um projeto bem planejado, mais cedo ou mais tarde ele se concretizará plenamente.